Notícias

Curso de Técnico em Nutrição e Dietética é inspiração para voluntariado em saúde

27 de junho é o dia do Técnico em Nutrição e Dietética e, para comemorar em grande estilo, vamos contar um pouco da história de uma pessoa que veio do Alaska para levar conhecimento para todo mundo!

Antônia Lespin, profissional de Saúde e Voluntária de uma Instituição que leva conhecimentos às populações dos países mais carentes. Confira!

A profissão de Técnico em Nutrição e Dietética (TND) possibilita, em conjunto com um nutricionista, o desenvolvimento de ações voltadas à promoção e manutenção da saúde, como também a prevenção e recuperação da saúde relacionadas à alimentação. Foram essas especificações que levaram Antônia Lespin, dominicana e moradora do Alaska (território dos Estados Unidos), a fazer esse curso em Curitiba.

Antônia tem mestrado em Saúde Pública, é voluntária da Intituição Peace Corps, uma agência federal estadunidense independente, na qual treina grupos voluntários que replicam conhecimentos na área da saúde em todo o mundo. Em 2008, Antônia veio pela primeira vez ao Brasil, primeiramente para Florianópolis, com o objetivo de aprender português e conhecer melhor a cultura do país. “Ficamos em uma cidade tranquila, mas nos falaram que em Curitiba era melhor, pois era maior o leque de cursos e também de vivências. Ficamos na casa de uma família que nos apresentou o curso técnico de Turismo, mas acabei preferindo o de Nutrição e Dietética, pois tem laboratório prático de dietética e possibilita conhecer as normas de higiene em cozinhas e hospitais, o que é perfeito para o training of training (treinamento para treinar) dos voluntários da Peace Corps”, explica.

A coordenadora do curso do Colégio Julia Wanderley, Maria de Fátima Negre, nos contou um pouco mais sobre o curso. Segundo ela, o TND deve ser preparado para o mercado de trabalho munido de teoria e prática, assistindo às aulas e fazendo estágios. “É importante aprender sobre padrões operacionais de serviço, ter conhecimento sobre dietas, com alimentos que melhorem a qualidade de vida e saúde da população”, afirma.

O Curso de TND qualifica o profissional de acordo com as exigências da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação – LDB) e os requisitos curriculares previstos pelo MEC.